Header Ads

header ad

Saiba como é possível auxiliar projetos sociais através da declaração do Imposto de Renda

Falta menos de um mês para o fim do prazo para declarar o Imposto de Renda. Mas muita gente ainda deixa para acertar as contas com a Receita Federal na última hora. E o que muitos não sabem é que é possível com o custeio de serviços e projetos sociais através da declaração. Para Marisa de Oliveira, especialista da Magnus Consultoria, a doação é uma maneira de o contribuinte decidir a destinação do dinheiro que ele paga em impostos.

As chamadas doações incentivadas não podem, somadas, ultrapassar o limite de 6% do valor do imposto de renda devido. Ou seja, se o imposto devido for de R$ 3 mil, o valor máximo que pode ser deduzido dos gastos com esse tipo de doação será equivalente a R$ 180. “É importante ressaltar que as doações incentivadas só podem ser feitas aos fundos municipais, estaduais, distrital e nacional da criança e do adolescente, que se enquadram no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); fundos municipais, estaduais, distrital e nacional que se enquadram no Estatuto do Idoso; projetos aprovados pelo Ministério da Cultura e enquadrados na Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet); projetos aprovados pelo Ministério da Cultura ou pela Agência Nacional de Cinema (Ancine) e enquadrados na Lei de Incentivo à Atividade Audiovisual; projetos aprovados pelo Ministério do Esporte e enquadrados na Lei de Incentivo ao Esporte”, enumera a especialista da Magnus Consultoria, Marisa de Oliveira.

A destinação de parte do imposto não aumenta nem diminui o valor do Imposto de Renda a pagar e também não prejudica outras deduções de despesas como as de saúde, educação ou com dependentes, por exemplo.

Para a última hora
Deve fazer a declaração quem teve rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70, ou se enquadra em outra classificação obrigatória, conforme os anos anteriores. Até o dia 28 de março, apenas 22,83% dos catarinenses prestaram contas com o sistema da Receita Federal. 

Dos 1,23 milhão de contribuintes catarinenses que precisam declarar o imposto, apenas 273.964 fizeram as declarações. No Brasil, 5,9 milhões de declarações haviam sido recebidas pelo leão, que estima reunir as informações de 28,3 milhões pessoas físicas até 28 de abril.

Tecnologia do Blogger.